EDUCAÇÃO FINANCEIRA: APRENDA A MUDAR O FUTURO FINANCEIRO DE CRIANÇAS E JOVENS

Por Rosa Leite, professora do CSCM-Brasília, e Débora Carneiro, CPG da unidade

Crianças e jovens que têm aula de educação financeira na escola melhoram, significativamente, a qualidade do seu “letramento financeiro”, tendem a pensar mais no futuro e aumentam a intenção de poupar. Essas foram, em linhas gerais, as conclusões a que chegaram os especialistas do Banco Mundial, encarregados de fazer a avaliação do impacto do projeto-piloto de ensino de educação financeira nas escolas brasileiras, divulgada em um workshop realizado na BMF/BOVESPA.

Por mais que possa parecer difícil acreditar que as crianças e jovens sejam capazes de usar o dinheiro com consciência e sustentabilidade, é possível sim desenvolver essa capacidade de administrar suas próprias finanças. O foco tem que ser ensiná-los a guardar um pouco do que se ganha tendo em vista um objetivo que trará, a médio longo prazo, benefícios para o futuro pessoal. Dessa forma, quem educa nessa perspectiva deve estar preparado, pois as crianças e jovens cometerão erros, acertos e haverá conquistas e frustrações.

Partindo da reflexão de contribuir com a formação de excelência dos estudantes do Colégio Sagrado Coração de Maria – Brasília foi criado, dentro das aulas de Empreendedorismo e Educação Financeira, o projeto “Educação Financeira é Sagrado”, pela professora Rosa Leite.

Anualmente, o projeto “Educação Financeira é Sagrado” tem seus objetivos devidamente selecionados e que podem servir de inspiração para começar a, realmente, mudar o futuro financeiro do seu aluno, filha e/ou filho. Confira, abaixo, as propostas para 2017:

  • Desenvolver o espírito empreendedor para alcançar um objetivo de médio prazo;
  • Aprender a planejar as etapas para a realização de uma meta, administrando conquistas e frustrações;
  • Aprender a conviver com o outro e encontrar uma alternativa em consenso nos momentos de tomada de decisões e de conflito;
  • Utilizar conceitos matemático-financeiros na administração das finanças.
  • Reconhecer a importância da educação financeira para a própria vida e de que maneira isso pode contribuir para a sua vida adulta.

Há seis anos, o projeto “Educação Financeira é Sagrado” é apresentado, em sala de aula, aos estudantes do 1º ao 5º ano da Educação Fundamental I, turnos matutino e vespertino do CSCM-Brasília.

Neste projeto, a professora realiza um levantamento do que será necessário para um real planejamento financeiro:

  • Que atividade os alunos desejam realizar com o dinheiro arrecadado com o cofrinho;
  • Como será realizado;
  • Previsão de custos;
  • Como será desenvolvida a atividade.

A proposta principal é que as crianças poupem dinheiro durante o ano, em um cofre coletivo, até chegar a uma quantia suficiente para realizar a atividade escolhida por eles. Tal atividade serve como encerramento do ano letivo. Assim, cada turma faz a previsão dos custos da atividade: transporte, ingressos, lanche. E todos os cálculos são registrados, mensalmente, no livro financeiro da turma. Já a contabilidade é feita no livro financeiro do grupo. Nele, ficam registradas as contribuições das crianças e todos os passos que surgirem além de fotos.

Uma vez por mês, o cofrinho é aberto, conferido os valores e registrado no livro financeiro para que os estudantes possam acompanhar e confrontar com as metas estabelecidas. Cada criança pode depositar no cofrinho de segunda a sexta-feira, independentemente de estar ou não na aula de empreendedorismo, moedas ou cédulas de qualquer valor contanto que não ultrapasse R$ 5 (cinco reais) por semana e por aluno. Além disso, não são aceitos valores altos, pois o objetivo não é atrapalhar e/ou tumultuar o usufruto das mesadas que eles ganham dos responsáveis.

O projeto “Educação Financeira é Sagrado” é coletivo e solidário e, além de motivar as crianças a saber lidar com dinheiro, pretende ensiná-las a fazer escolhas que considerem seus próprios objetivos sem perder de vista o bem da coletividade, pois é válido ressaltar que o foco não é o quanto foi depositado e sim todo mundo colaborar e se unir para fazer a diferença, visando o bem comum e não somente o individual. Para isso, é sugerido que o valor que a criança irá depositar saia de suas economias da semana ou mesada. Assim, o ensinamento de que o aluno precisa se esforçar para conquistar algo é enfatizado. E, caso a criança receba o dinheiro sem se esforçar para conquistar, os objetivos do projeto não serão consolidados na formação dessa criança.

Gostou do projeto “Educação Financeira é Sagrado”? Se sim, comente esse post e tente colocar essa bela ideia em prática! 😉

Clique aqui e conheça outras práticas pedagógicas, atividades e projetos significativos desenvolvidos pela Rede Sagrado

PROJETO SORORITAS: CONFIRA 10 DICAS DE COMO PROMOVER O RESPEITO ÀS MULHERES

Por Caroline Sá Ferreira, Assessora de Comunicação do CSCM-Brasília, e Tabata Martins –  Coordenadora de Comunicação Estratégica da Rede Sagrado

Promover o respeito às mulheres. Esse é o principal objetivo do projeto “Sororitas”, desenvolvido por meio de uma parceria entre alunos do Ensino Médio do Colégio Sagrado Coração de Maria – Brasília e a coordenação do Serviço de Orientação Religiosa –SOR da própria unidade.

Mensalmente, os participantes do projeto, idealizado pelas alunas Laura Gisler e Maria Luiza Avelar,  se reúnem e refletem sobre temáticas que, geralmente, não são abordadas no currículo escolar, como: a atual situação feminina, a importância das mulheres e como é preciso fomentar o respeito a essa figura tão especial para toda e qualquer sociedade.

O “Sororitas” é inspirado no lema norteador 2017 da Província Brasileira do Instituto das Religiosas do Sagrado Coração de Maria (IRSCM) – “Como Corpo em Missão, sob a inspiração de Maria, promover a dignidade da Mulher e o Cuidado com a Criação” e já conta com dois encontros no currículo.

Na primeira reunião, foi abordado o tema “Sororidade: competição entre mulheres”. Já no segundo os alunos discutiram sobre “Aceitação: Indústria da Moda e Gordofobia”.

A proposta do projeto “Sororitas” é que, em todos os encontros, algum colaborador do CSCM-Brasília participe como convidado. E, sempre ao final das reuniões, “cada integrante deixe sua impressão e faça um desabafo. Já recebemos muitos feedbacks das participantes sobre como as discussões causaram um processo de mudança interna e externa”, conta Laura Gisler, aluna da terceira série do Ensino Médio e uma das idealizadoras do projeto.

Devido ao próprio cunho instrutor,  o “Sororitas” também ressalta que os participantes devem estar cientes da necessidade de comprometimento e de responsabilidade para com os estudos dos temas abordados, além da seriedade com o que é proposto. Desta forma, o tema do mês é sempre, anteriormente, disponibilizado a todos, o que garante a prévia familiarização do integrante com a futura discussão.

Para os participantes do “Sororitas”, elevar o feminismo saudável é primordial atualmente e essa luta deve ser comum. Por isso, o grupo fez questão de nos passar 10 dicas de como, cada um de nós, podemos promover o respeito às mulheres no nosso dia a dia.

Confira, abaixo, essas valiosas dicas:

1- Manter a mente aberta para possíveis desconstruções de ideias, mas saber que se pode reconstruí-las de maneira ainda melhor;

2- Pesquisar fontes que tratem da mulher sob uma perspectiva da mesma;

3- Buscar se enxergar e se colocar no lugar da mulher;

4- Ouvir a mulher, antes de prejulgá-la;

5- Entender que mulheres e homens são, em alguns aspectos, diferentes, mas, em outros, iguais;

6- Buscar entender toda a história da mulher para criar empatia com ela;

7- Buscar entender a situação da mulher moderna, para, então, entender os motivos de suas lutas;

 8- Buscar debater sempre sobre a mulher e sua atuação na sociedade;

 9- Questionar falar ou atos que desmereçam ou inferiorizem a mulher;

10- Dar à mulher espaço de fala e atuação.

Quer saber mais sobre como promover o empoderamento da mulher e ainda ficar por dentro de como ter um blog educativo de sucesso? Então, clique aqui!

Clique aqui e conheça outras práticas pedagógicas, atividades e projetos significativos desenvolvidos pela Rede Sagrado

 

EDUCAÇÃO E BLOG: Confira 6 dicas para garantir essa combinação perfeita

Por Tabata Martins –  Coordenadora de Comunicação Estratégica da Rede Sagrado –  CSCM

A palavra “Educação” significa o ato de educar, de instruir e/ou gerar o disciplinamento. Já “Blog” ou “Blogue” refere-se à contração do termo inglês “Web Log”, ou seja, Diário da Rede. Mas, o que essas duas palavras têm em comum? Por que para muitos especialistas EDUCAÇÃO E BLOG são uma combinação perfeita? A resposta é até simples, mas, ao mesmo tempo, complexa, quando o interlocutor ainda não tem o conhecimento da magnitude e real poder de alcance do mundo virtual/digital.

Hoje em dia, podemos, facilmente, fazer a analogia de que, se educação é o ato de educar em si e o blog é um diário online, os dois podem sim ser usados para garantir e fomentar a eficiência de ambos. Afinal, cada vez mais, o blog vem sendo instrumento de ampliação da divulgação do educar e suas inúmeras peculiaridades. E a proposta do Blog da Rede Sagrado é baseada nessa lógica. Compartilhar práticas pedagógicas, artigos e dicas para uma educação de excelência. Por isso, temos mais uma entrevista exclusiva para vocês, queridos leitores.

O entrevistado da vez é Diogo Romero, Especialista em Marketing de Conteúdo para Instituições de Ensino na Rock Content, a maior empresa de Marketing de Conteúdo do Brasil. O profissional, de 30 anos, nasceu em Santa Rita do Sapucaí, Sul de Minas Gerais, e é formado em Técnico em Eletrônica e Relações Internacionais, além de pós-graduado em Gerenciamento de Projetos. Porém, atualmente, seu foco é ajudar as instituições de ensino a utilizarem conteúdo para gerar mais visibilidade e atrair um número maior de alunos.

                            Diogo é Especialista em Marketing de Conteúdo na Rock Content

Romero tem seu próprio blog, juntamente com dois amigos, um designer e uma redatora. O endereço do diário virtual é eletronicasa.com.br. Ele conta que foi com essa sua experiência que conseguiu “ver na prática como uma estratégia de produção de conteúdo, quando bem executada, aumenta de fato o tráfego orgânico de um site e a visibilidade online. E o mais interessante é que se trata de uma ação que traz resultados ao longo do tempo, de maneira sustentável e com previsibilidade”.

Para o Especialista em Marketing de Conteúdo para Instituições de Ensino, “um blog permite compartilhar informações e conhecimentos sobre o segmento em que atua, gerando autoridade com o seu prospect de forma perene e não interruptiva”. E, para comprovar essa sua análise, ele fez questão de compartilhar um dado relevante:

“Descobrimos em nossa pesquisa EduTrends que publicações em blogs é uma das estratégias de Marketing Digital mais utilizada pelas instituições de ensino (49,7%) e com essa prática elas conseguem gerar 2,2 vezes mais visitas em seus blogs”.

Quando questionado sobre a eficiência do blog no meio educacional, Romero acrescenta que “ter um blog é fundamental para educar e se relacionar com seus leads. Vejamos o caso de instituições de ensino superior: onde é que o seu lead vai procurar informações sobre como escolher e se preparar para uma graduação ou pós-graduação? É claro que é na internet. E se você produz conteúdo de qualidade que vai de fato solucionar todas as dúvidas desses prospects, você gera autoridade e inspira confiança. E na hora em que este potencial aluno fizer a escolha final, essas são duas coisas que farão toda a diferença”, enfatiza o entrevistado.

Já sobre como ter um blog de sucesso, o especialista não pensou duas vezes e fez questão de nos dar valiosas 6 dicas.

Confira, agora, as dicas abaixo!

1) É preciso ter uma estratégia bem elaborada, com objetivos claros e mensuráveis, um calendário de postagens.

2) Garanta a criação de um blog otimizado para performance, a definição de sua buyer persona, a jornada de compra de seu aluno e o estudo de palavras-chave. Estes são os fatores fundamentais para o sucesso do seu projeto de conteúdo online.

3) O conteúdo para o blog de sua IE deve ser otimizado para alcançar sempre a melhor performance. A combinação de respostas diretamente relacionadas às dúvidas de seus potenciais alunos a técnicas de escaneabilidade e SEO constituem a metodologia acertada para se atingir resultados com marketing de conteúdo.

4) Não perca toda oportunidade que tiver de solucionar uma dúvida ou educar seu público de  alguma forma. Este certamente é o cenário ideal.  Já o volume de conteúdo da estratégia precisa estar alinhado aos objetivos de crescimento do blog.

5) Não existe fórmula mágica nem receita de bolo para uma estratégia de marketing de conteúdo. Um post importante e que gera engajamento é aquele que soluciona a dúvida do leitor.

6) Certifique-se de que o material oferecido ajudará de fato sua persona, seja ele um ebook, um checklist, um blog post ou qualquer outro.

Quer saber mais sobre como ter um blog educativo de sucesso? Então, clique aqui!

Clique aqui e conheça outras práticas pedagógicas, atividades e projetos significativos desenvolvidos pela Rede Sagrado