DestaqueEducação InfantilEducacionalEnsino Fundamental IEnsino Fundamental II
Como se adaptar a um novo ambiente escolar?

Postado em: 20 de abril de 2022

Ao trocar de escola ou até mesmo ingressar, pela primeira vez, em uma instituição de ensino, a criança pode sentir-se insegura ou com medo. Frequentar um ambiente desconhecido, conhecer os novos colegas e separar-se da família são motivos de sobra para gerar ansiedade, principalmente, nos pequenos.

Nesse contexto, a escola deve oferecer acolhimento aos alunos que estão iniciando a vida escolar e aos que vieram de outras escolas. Permitir visitas ao ambiente antes do início das aulas e proporcionar uma comunicação eficiente com os pais e cuidadores é muito importante. A família, por outro lado, também precisa fazer parte deste processo.

Como forma de auxiliar os pais, a Rede Sagrado apresenta à família possibilidades de contribuição para um processo de adaptação escolar mais tranquilo para as crianças. Confira!

O papel dos pais na adaptação das crianças

É importante que família e escola trabalhem juntos no período de adaptação a um novo ambiente escolar. Adaptar-se a uma nova realidade faz parte do crescimento emocional e social, mas é algo que deve ser conduzido com cautela para mitigar a ansiedade e outros sentimentos negativos. Veja aqui como você pode lidar com essa situação:

  1. Converse com a criança

Como já foi falado aqui no blog, o diálogo é um dos melhores recursos dos pais na educação. Dessa forma, conversar com a criança nos dias que antecedem o início das aulas é fundamental, pois ela precisa dessa previsibilidade para entender o processo, o que inclui a expectativa para ir a escola. Ela precisa se acostumar com a ideia antes de tornar-se realidade.

Assim, compartilhe lembranças boas de sua época de escola e mostre quais são os pontos positivos, como o aprendizado, as brincadeiras e os colegas. Fale sobre as atividades, como pintura e colagem, por exemplo. Se o seu filho gosta de esportes, fale sobre as atividades físicas e a possibilidade de aprimorar-se nas modalidades de que ele mais gosta. Escute, também, o que a criança tem a dizer, sem desmerecer os medos que ela apresentar, eventualmente. 

  1. Crie uma nova rotina

Principalmente para crianças mais novas, alterações na rotina podem trazer insegurança. Pensando nisso, é importante implantar uma nova rotina quando começar o período escolar ou caso a troca de escola exija horários diferentes para as atividades de casa. A rotina implica em previsibilidade e organização, o que inspira segurança nas crianças.

Uma sugestão é envolver a criança na organização da mochila e da lancheira, para estimular o seu interesse pela rotina escolar e mostrar que ir para a escola requer o cuidado dos pais. 

  1. O momento de despedida

O momento da despedida é crucial para uma boa adaptação ao novo ambiente escolar. É normal que no começo a criança demonstre tristeza e, em alguns casos, até chore. Muitas têm a sensação de abandono, o que acaba prejudicando toda a relação com a escola e com os educadores.

Por isso, os pais devem esforçar-se para que esse momento não seja de angústia. Lembre-se de que, quando os pais ficam inseguros, a criança tende a ficar também. A despedida dos pais ou responsáveis deve ser tranquila e carinhosa, mas firme.

Mostre que a hora de dar tchau não é apenas para deixar a família para trás, mas para encontrar-se com professores e novos amigos. Para os pequenos, esse momento deve ser associado ao começo de um período de brincadeiras e aprendizado.

  1. Demonstre interesse após a escola

Quando seu filho voltar da escola, faça perguntas variadas sobre as atividades do dia, sobre os colegas e sobre como a criança se sente. Deixe de lado questionamentos generalistas como “Como foi na escola hoje?”. Seja específico, faça perguntas diretas de forma que a criança realmente compartilhe o que vivenciou.

Demonstre interesse pelo que a criança fica animada em contar, mas, também, preste atenção às respostas evasivas. Assuntos evitados podem sinalizar desconfortos, que você pode averiguar posteriormente na escola ou abordar com a própria criança em momentos oportunos. Entender as dificuldades dela e dialogar favorece a adaptação na nova escola.

A adaptação na Educação Infantil e até nos primeiros anos do Ensino Fundamental é um trabalho integrado entre a família e a escola. O papel dos pais é transmitir segurança, propiciando que a criança se sinta confortável no novo espaço.

E por aí, como foi a adaptação dos seus filhos quando iniciaram a vida escolar? Eles tiveram dificuldade ao mudar de escola? Comente aqui a sua experiência!